Os geradores desempenham um papel importante durante emergências. Quando ocorre uma queda de energia, o gerador precisa iniciar e fornecer energia imediatamente. O aquecimento do líquido de arrefecimento, quando o gerador está no modo de espera, mantêm o gerador pronto para começar a qualquer momento. As resistências de pré-aquecimento são a melhor maneira de fornecer calor consistente à camisa de água do motor, pois elas mantêm os fluidos internos na temperatura ideal para partidas rápidas e fáceis.

O QUE SÃO AS RESISTÊNCIAS DE PRÉ AQUECIMENTO PARA MOTORES?

As resistências de pré-aquecimento para motores, também conhecidas como aquecedores de camisa de água ou aquecedores de bloco do motor, são um equipamento que pré-aquece a mistura de água / líquido de arrefecimento de um motor quando o mesmo não está em uso. Esses aquecedores são essenciais para manter as temperaturas ideais de um motor a diesel ou a gás natural de geradores de energia. O ideal é que a temperatura do líquido de arrefecimento do motor seja mantida continuamente entre 38°C a 49°C para evitar partida a frio.

Há vários fatores que devem ser considerados para garantir que uma resistência de pré-aquecimento seja dimensionada corretamente. Quanto maior o tamanho do motor em termos de litros (litro cúbico), mais energia é necessária para manter a temperatura do líquido de arrefecimento. A temperatura ambiente em que o gerador está instalado também influenciará a eficácia de um sistema de aquecimento. Um motor dentro de um edifício com temperatura controlada aquecerá de forma diferente comparando a um motor instalado ao ar livre a uma temperatura mais baixa.

COMO FUNCIONAM AS RESISTÊNCIAS DE PRÉ AQUECIMENTO?

A camisa de água contém uma mistura de água / líquido de arrefecimento e este fluido é um excelente condutor de calor. Quando o motor está funcionando, o fluido circula para ajudar a expulsar o calor através do radiador evitando assim o superaquecimento do motor. Quando o motor não está funcionando, as resistências de pré-aquecimento aquecem o fluido a uma temperatura ideal, mantendo o motor aquecido e pronto para um início rápido quando necessário.

Existem diversos modelos de resistências de pré-aquecimento. O modelo mais simples é o aquecedor de imersão em bloco que consiste em um elemento e um cabo de força. O aquecedor é instalado em uma porta no motor e aquece o líquido de arrefecimento ao redor do elemento. O calor então se espalha do elemento para outras partes do motor. Aquecedores em bloco são ideais para motores menores.

 

Resistência de pré-aquecimento (Inblock)

A resistência de pré-aquecimento do tipo termossifão é a melhor opção para motores de tamanho médio. Este estilo de aquecedor é montado fora do motor, normalmente na posição mais baixa possível. O aquecedor é então ligado à camisa de água por mangueiras. O líquido de arrefecimento aquecido sobe do aquecedor, circula através da camisa de água e depois volta para o aquecedor.

 

Resistência de pré-aquecimento modelo TPS

As resistências de pré-aquecimento de circulação forçada fornecem uma solução de aquecimento com eficiência energética para clientes que desejam reduzir os custos de energia. A adição de uma bomba e de um motor ao aquecedor permite que o fluido de arrefecimento aquecido circule através da camisa de água de maneira mais uniforme. Isso reduz o desgaste nas mangueiras, já que a temperatura do líquido de arrefecimento não expõe as mangueiras a altas temperaturas por longos períodos, como ocorre com os aquecedores de termossifão.

 

Resistência de pré-aquecimento modelo CTM Hotflow
Resistência de pré-aquecimento modelo CSM Hotflow

Manter a temperatura do líquido refrigerante a uma temperatura ideal em um motor é essencial para uma operação adequada. Os motores partem mais fácil quando estão próximos de sua temperatura de operação de 93°C. Na maioria das aplicações de partida rápida, os motores são considerados frios se sua temperatura interna estiver abaixo de 37°C. As resistências de aquecimento mantêm o motor aquecido entre 37°C a 48°C, dentro da faixa de temperatura de operação, mas sem excesso de geração de calor ou uso de energia.

As resistências de pré-aquecimento são alimentadas por eletricidade e normalmente estão conectadas à energia convencional. Para aquecedores maiores, a energia pode ser ligada a uma conexão de energia separada ou através do próprio gerador. As resistências de pré-aquecimento operarão continuamente, exceto durante a manutenção programada ou enquanto o gerador estiver já a uma temperatura ideal de trabalho.

Quais são as vantagens de usar as resistências de pré-aquecimento?

O aquecimento contínuo elimina o tempo necessário para o motor atingir a temperatura ideal de funcionamento;

  • Partidas mais fáceis, rápidas e com carga total em todas as condições;
  • Redução de emissões nocivas – não há necessidade de deixar o motor rodando para mantê-lo aquecido;
  • Prolongamento da vida útil da bateria – temperaturas baixas reduzem a vida útil da bateria e o poder de partida em até 25%;
  • Redução de desgaste e danos aos motores;
  • Redução da condensação nos grupos geradores – motores operando em climas de alta umidade podem se beneficiar do aquecimento contínuo que minimiza os efeitos da condensação dentro do bloco do motor;

Manutenção das resistências de pré-aquecimento

Incluir a resistência de pré-aquecimento em sua programação de manutenção preventiva é importante para garantir a operação adequada e um melhor desempenho da operação de aquecimento. Recomenda-se verificar regularmente o líquido de arrefecimento no motor para certificar-se de que está no nível adequado. Ao executar a manutenção no motor, é importante desligar o aquecedor. Para aquecedores montados externamente, recomenda-se a instalação de válvulas de isolamento para permitir que a manutenção possa ser executada sem exigir que todo o líquido de arrefecimento seja drenado do motor.

Mangueiras e vedações podem se desgastar e ficar frágeis com o passar do tempo, pois ficam expostas a altas temperaturas. Inspecione visualmente as vedações e aperte levemente as mangueiras para ver se elas estão rígidas. Substitua quaisquer vedações e mangueiras conforme necessário para evitar rachaduras e derramamentos de líquido de arrefecimento. Os termostatos dentro das resistências de aquecimento normalmente precisam ser substituídos após três anos (10.000 ciclos) de operação. Se seu aquecedor estiver continuamente aquecendo, substitua o termostato. Aquecedores com controles externos devem ser inspecionados anualmente – conexões de fios, contadores, fios e fusíveis podem ser substituídos conforme necessário.

Depois de executar a manutenção, ligue o motor antes de ligar o aquecedor do motor. Isso irá purgar o ar do motor. O elemento dentro do aquecedor deve estar sempre imerso em liquido refrigerante. Se existir “bolsa de ar” dentro do aquecedor poderá queimar o elemento, resultando em falha do aquecedor.

Para mais informações sobre resistências de pré-aquecimento para grupos geradores, entre em contato com nossa equipe de suporte técnico. Estamos aqui para ajudá-lo com qualquer dúvida ou na escolha da melhor resistência para sua aplicação.